Notícias

Geral 27 de Junho de 2019

Humanização do atendimento do HUST resulta em gratidão por parte dos pacientes

Uma das prioridades do Hospital Universitário Santa Terezinha (HUST) é oferecer atendimento de forma acolhedora e humanitária, para isso, cada vez mais têm sido desenvolvidas ações que proporcionam o bem-estar de quem precisa utilizar os serviços disponibilizados. E essa dedicação constante tem se refletido em gestões de gratidão expressados por alguns pacientes que fazem questão de agradecer pelo tratamento recebido.

Em meio as situações de dor e angustia vivenciadas por quem busca atendimento no hospital, os profissionais buscam proporcionar momentos de distração e até mesmo de alegria aos pacientes. É o caso da lembrança da passagem de aniversário deles. No mês passado, em um gesto que se repete o ano todo, várias pessoas que trocaram idade estando internadas receberam uma visita de funcionários da instituição que com balões coloridos visitaram os leitos e levaram abraços recheados de desejos de melhoras, saúde e felicidade além de pequenas lembrancinhas alusivas às datas. No mês passado, entre os que receberam as felicitações estavam a dona Clorinda Amabile Traversini e o Olivio Savoldi.

A equipe também está em constante aperfeiçoamento de suas habilidades, por meio de capacitações e atividades com o objetivo de desempenhar cada vez melhor as tarefas a que cada profissional está incumbido e um dos pacientes que fez questão de comprovar a qualidade do atendimento recebido, foi o senhor Claudio Padilha da Luz. Ele que passou 80 dias internado, ao receber alta, agradeceu a todos que lhe dedicaram cuidados. E assim como a gratidão é expressada pessoalmente, há também quem o faça por meio de bilhetinhos, ligações e ainda presenteando a equipe, como fez outro paciente que não divulgou seu nome, mas, distribuiu rosas para a equipe de apoio, enfermagem, maqueiros escriturários e médicos.

Para o diretor do Hust, professor Alciomar Antônio Marin, o reconhecimento dos pacientes encoraja a continuar trabalhando para enfrentar as dificuldades que se apresentam na atividade hospitalar.

— A superação dos profissionais que atuam no HUST, indistintamente merecem a gratidão e reconhecimento, pela vocação que cada um tem em dar o "melhor de si", independentemente da situação do paciente. Todo esse reconhecimento reafirma a nossa missão e compromisso em prestar assistência humanizada ,e resolutiva — afirmou o diretor do Hust, professor Alciomar Marin.