Notícias

CDIH 05 de Maio de 2020

HUST é referência em atendimento e prevenção do Covid-19

A Pandemia causada pelo Coronavírus trouxe a tona algumas reflexões a despeito das estruturas de saúde disponíveis e da importância dos profissionais, que estão diariamente enfrentando esse vírus, buscando meios de tratar toda a população. Neste sentido, é imprescindível mencionar o Hospital Universitário Santa Terezinha (HUST), que além de atuar em alta complexidade nas especialidades de Oncologia e Neurocirurgia nos últimos meses, está sendo referência em atendimentos Covid-19 para a população macrorregional.

Mas, o que difere o HUST de outras unidades hospitalares que igualmente estão nesta batalha? O primeiro ponto a ser destacado: antecipação. A frente de sua realidade, direção, corpo técnico e clínico pensaram na possibilidade de vir a tratar casos do tipo mesmo antes do primeiro paciente ser notificado na região. O segundo ponto: agilidade. Quando a demanda se tornou real, bastaram três dias para que a estrutura com 10 leitos de isolamento clínico, 6 leitos que funcionam como UTI e uma sala cirúrgica disponível 24 horas passasse a funcionar totalmente isolada do restante do hospital. E, por último: o comprometimento de uma equipe, que trabalha com empatia e vocação, afinal, em meio à pandemia, que tem como protagonista um vírus altamente contagioso, fazer parte dos colaboradores que atuam em um hospital tem sido de extrema coragem.

Os profissionais que atuam no HUST, em especial na ala Covid-19, foram desafiados a enfrentar cada situação utilizando os saberes técnicos e também o lado humano, mesmo quando os gestos mais próximos precisam ser evitados. Precisaram manter a serenidade ao deixar aqueles que amam em casa e expor-se ao contágio, sem nem ao menos mostrar o rosto aos que cuidam, já que agora, mais do que nunca, usar máscaras é imprescindível. E, é por isso, que merecem toda gratidão e reconhecimento.

O cenário proporcionado pelo coronavírus, pode não mudar tão cedo, mas, os sentimentos de união e determinação para enfrentar tudo isso, continuarão presentes. Há 73 anos, faz parte da missão do HUST salvar vidas e assim continuará sendo feito.